02
Set 10

Já era vinte e duas horas e meia quando cheguei à porta de casa. Estava cansada, precisava de dormir.
-David, ainda estás acordado?
-Claro que sim, não descansava enquanto não estivesses aqui.
-Hum… Que bom, que namorado tão bonzinho que eu tenho. – David sorriu e agarrou-me na cintura. – Estás com fome?
-Não. Estives-te muito bem sabias?
-Estive?
-Sim, nem sabes no orgulho que tenho em ti.
-Então imagina eu. Devo ser a namorada mais orgulhosa do mundo.
-Não vejo porquê.
-Não? Então começa a ler jornais.
-Está bem.
-Amanhã sais de casa a que horas?
-Não sei. A que horas tens que estar lá?
-Às nove.
-Então vamos a essa hora.
-Não é muito cedo para ti?
-Não. Também não fazia muito sentido levarmos dois carros.
-Sim, tens razão. Então é melhor irmos dormir.
-Sim. Também acho.
O David agarrou-me e pôs me a seu colo. Ele era muito forte, deixava-me segura nos seus braços. Deixei-me dormir a seu peito como era normal. Sentia-me quente e o perfume dele, era a melhor coisa do mundo. Ouvi o telemóvel, era o seu alarme, já era oito e meia.
-David. David, já é horas.
-Eu sei, já ouvi o teu X3. – David, sempre que podia gozava com o meu telemóvel.
-De certeza que não queres ficar aqui a dormir mais um bocado?
-Não, vamos andando.
-Só preciso de tomar um banho.
-Eu tomo contigo.
-Uh que bom!

*

-Vais assim?
-Sim, que tem?
-Eu vou de fato de treino.
-Mas eu vou trabalhar.
-E eu também.
-Por isso mesmo, são trabalhos diferences. Não têm nada haver. O meu é preciso estar bem vestido no teu é preciso uns calções e uma camisola.
-E é preciso ires com esse vestido?
-Ok, eu mudo. Que achas destas calças mais esta blusa?
-Por mim levavas uma gola alta.
-Só podes estar a gozar!
-Não.
-Estás com ciúmes?
-Não, estou com medo.
-Do quê?
-Que se atirem a ti e depois me largues.
Irritei-me, nem queria acreditar no que ele tinha dito.
-Até parece que não me conheces.
-Sim mas agora és uma figura pública e não se sabe.
-Nem vou falar mais disso. Olha, vou-me embora. E com este vestido! Nem sabes o quanto isso me magoou David – A verdade é que tinha mesmo magoado. Parecia que não me conhecia nem confiava em mim. Calçei os sapatos altos preto lindos que a minha melhor amiga me tinha oferecido. Punham-me dez centímetros mais alta e quando ia para sair de casa David agarra em mim e beija-me.
-Sabes que cofio em ti mas não deixo de ter medo. És linda… Esperas por mim? Não posso ir chateado contigo, o jogo corre mal.
-Está bem David. Eu fico, mas despacha-te. Já estou atrasada.
-Vou já, se me deixares!
-Vai lá então.
Saimos de casa já era nove horas e dez, já ia ouvir do José. Chegamos à garagem já era nove e meia.
-Desculpa José. Que faço?
-Agora? Nada. Estás despedida.
-Despedida? Porquê? Só cheguei uns minutos atrasada.
-Catarina tu és muito boa jornalista, deu para ver isso mas não estás pronto. Ainda és muito irresponsável. – Passei-me! Nem queria acreditar, queria sair dali!
-Ok, muito bem. Como queiras! Vou-me embora! Adeusinho. – Fui-me embora e nem queria acreditar. Tinha sido despedida! Impressionante! Senti alguém a puxar-me, era o David.
-O que aconteceu?
-Fui despedida! Acreditas?
-Não foste não. Queres ver?
-David, não! Agora não, nem nunca! Que se lixem! Deixo aqui o carro e vou de metro ok? Boa sorte para o jogo. – Dei-lhe um beijo na bochecha e fui-me embora. Estava irritadíssima e nunca mais ia voltar a pôr os pés lá.
O dia passou lentamente, mas às vinte e uma horas estava a ver o jogo. Foi um jogo muito complicado, apenas ganharam por um a zero mas ganharam e isso é que era importante. O David jogou espectacularmente bem como é óbvio e o Cardozo fez lhe o que estava destinado, um golo. O jogo acabou às 22:55. Eles tomarem banho, darem as entrevistas mais o caminho, chegava a Lisboa às três da manhã. Queria ficar até ele chegar mas sabia que não ia conseguir por isso o melhor era dormir.

publicado por acordosteusolhos às 17:04

comentários:
Eu adoro a fic! é das minhas favoritas! :D
continuaaa...**
Sofia a 2 de Setembro de 2010 às 17:23

Boa tarde,
O blog do David Luiz tem o prazer de convidar os responsáveis por este blog, a ler a mais recente FanFic presente em www.david--luiz.blogspot.com

Deixem a vossa opinião, obrigada!

A gerência:

www.david--luiz.blogspot.com
David Luiz Blog a 2 de Setembro de 2010 às 17:50

e uma estupidez so publicares de 1000 em 1000 visitas
c a 2 de Setembro de 2010 às 21:06

Desculpa mas é a única maneira que arranjei de me organizar. Para além disso, preciso de tempo para escrever os outros capitulos. Peço imensas desculpas pelo tempo...

ola...
tenho lido a tua fanfic e adoro;)
continua a escrever
publica o proximo capitulo o mais rapido possivel, estou esperando...


anabela a 2 de Setembro de 2010 às 22:35

Aquele homem -.- Não tinha nada que despedir a Catarina!
Maaais. :D Beijinhos.
- Sara a 2 de Setembro de 2010 às 22:58

mais sobre mim
arquivos
2011

2010

arquivos
2011

2010

Música da Mena
Deixo aqui a nossa GRANDE cantora do chat, a Mé :b
Agradecimentos
Queria agradecer a todos que lêem a minha fan fic. Queria também agradecer ao blog http://23davidluiz.blogspot.com/ por publicar a minha fan fic e também ao blog http://david-luiz-fans.blogspot.com/. Muito obrigada a todos *
Críticas
Façam comentários com críticas, sejam elas positivas ou negativas. É com os erros que se aprende ;)