13
Set 10

“Drim, Drim, Drim”
-Catarina, amor, desliga o telemóvel.
-Vou já. – O telemóvel continuava a tocar em cima do armário do bebé e David impaciente punha a almofada por cima da cabeça para não ouvir aquele som irritante. Sai da cama lentamente, para não acordar o bebé, ou seja, o David. Estávamos da nona semana. As dores de cabeça eram enormes e as alterações de humor ainda maiores. Perguntava-me todos os dias se iria ser boa mãe ou não. Esperava que sim, mas a insegurança tomava conta de mim. – David acorda, temos que ir fazer a ecografia.
-Já? Que horas são?
-Nove horas e a ecografia ficou marcada para as dez. O médico quer ver se está tudo bem com o bebé …
-Ah, esta é tal importante?
-Sim, o médico falou que esta era a mais importante de todas as ecografias. – David acompanhava todos os momentos da minha gravidez, não faltava a uma consulta, mesmo que fosse uma consulta só de informação, ele estava lá a meu lado. Às vezes via ele a procurar na internet coisas sobre os bebés. Às vezes boas, às vezes más. E quando eram más via-se no olhar dele que o bebé, embora pequeno e ainda nada bebé, já fazia parte da sua vida e não podia haver nada que estragasse isso.
-Vai correr tudo bem. Tenho a certeza.
-Sim, mas vai-te despachar enquanto eu vou fazer o pequeno-almoço.
-Claro meu amor – Dava-me um beijo na bochecha.

Hospital da Luz:

-Então Catarina, como tens passado? – Perguntava o meu médico.
-Bem, com as coisas de grávida mas bem.
-Então vamos lá ver se está tudo bem.
David agarrava-me na mão, tinha um ar nervoso, eu estava calma. Para a próxima já sei, tiro-lhe a internet. O médico espalhava o gel pelo abdómen e eu esperava pela imagem no pequeno ecrã.
-Ora aqui está ele, ainda não dá para perceber muito bem mas está aqui. Como ainda é um feto, ainda não está desenvolvido… Olha, há uma surpresa.
-Surpresa? – Dizia o David já aflito.
-Sim, boa claro. Parece que têm mais um filho a caminho.
-Como assim?! – Perguntei, meio desesperada. Isto não me podia estar acontecer.
-São gémeos!
-Gemeos! – Gritava o David entusiasmado.
-Yeah! Gémeos! – Dizia eu de forma sarcástica – graças a Deus que vou casar já daqui a três semanas se não, parecia uma bola a entrar no casamento.
-Vai adorar ser mãe de gémeos, a minha mulher foi. Ficou radiante.
-E eu estou, só por dizer que não vinha nada a calhar. – Toda a gente soltou um gargalhada.
-Catarina, não se esqueça que quero você cá na décima primeira Semana para fazer Translucência nucal está bem?
-Sim, aqui estarei.
-Então pronto, vou ver da ecografia para vos dar e depois podem ir-se embora à vossa vidinha.
-Desculpe mas… Como é que não viram que eram gémeos na primeira ecografia?
-Sabe, nessa ecografia eu faltei, foi o meu colega a fazer por isso não me culpe. Se fosse eu já sabia. Quando foi a primeira?
-Às 7 semanas.
-Miúdos novos dá nisso.
-Pois, estou a ver… - Estava aborrecida. Já me tinham dado um carrinho para bebés, mas era só com um lugar. Que raiva. “Miúdos novos” deviam aprender a fazer ecografias! O médico saiu da sala.
-Vamos ter gémeos!! Agora não sei como vai ser não é? Como vou ensinar futebol aos dois? Situação complicada.
-Tu estás preocupado com o futebol? Então imagina quando forem os dois a chorar à noite, amamentar os dois, mudar as fraldas aos dois, ter os dois!
-Sim, mas isso é só uma fase…
-Claro que é, até aos dezoito anos… - Médico entra novamente.
-Esqueci-me de vós mostrar o som do bater do coração. – Por momento ouvimos o som de dois pequenos corações a bater, uma das experiências mais lindas que tive. Foi maravilhoso. Senti-me ainda mais mãe.
-Que lindo.
-Mesmo meu amor…
-Bem, vou agora tirar dar-vos a imagem enquanto a enfermeira trata de tirar-te o gel. – O médico foi-se embora e logo de seguida chegou a enfermeira.
-Então, gémeos?
-Sim!
-Muitas felicidades aos dois. – A enfermeira partiu e eu já pude levantar-me. O médico chegou com um envelope e a imagem na mão. Agradecemos ao médico e despedimo-nos. Estávamos radiantes. Se antes já era complicado gerir o espaço, agora ainda ia ser pior.

publicado por acordosteusolhos às 17:30

comentários:
Ai que fofo :)
Publica mais hoje please....
Anónimo a 13 de Setembro de 2010 às 17:49

ai que coisa linda, mais um.
esta história está cada vez melhor!
Beatriz a 13 de Setembro de 2010 às 17:59

tas sempre a surpreender kuando + leio + kero
maggie a 13 de Setembro de 2010 às 18:39

eu bem disse xD
Fabi a 13 de Setembro de 2010 às 19:02

Eu bem tinha dito à Mé que deviam ser gémeos. Agora devia ser um menino e uma menina que assim o David já podia ensinar futebol e a Catarina já podia tratar das coisas de menina, como quer. *-* Adorei. Quero maaais! Beijinhos!
- Sara a 13 de Setembro de 2010 às 20:10

Em vez de um caracolinhos, vêm dois caracolinhos ^^
Mais :D
Filippa a 13 de Setembro de 2010 às 20:46

A Fic tá cada vez melhor o feiosa :P

A Musica da Mé *-*
- Ana a 13 de Setembro de 2010 às 22:35

Bem.....a Ana adivinhou que ela estava grávida, a Sara que ia ser gémeos, lool! Tenho que adivinhar qualquer coisa.....já sei.....aposto que ela vai ser Feliz Eternamente com o David e com os gémeos :D

Estou adorando a história, cada vez melhor mesmo!!
Bjinhos :D

P.S: Obrigada por pores a música aqui *-*
a 13 de Setembro de 2010 às 23:57

mais sobre mim
arquivos
2011

2010

arquivos
2011

2010

Música da Mena
Deixo aqui a nossa GRANDE cantora do chat, a Mé :b
Agradecimentos
Queria agradecer a todos que lêem a minha fan fic. Queria também agradecer ao blog http://23davidluiz.blogspot.com/ por publicar a minha fan fic e também ao blog http://david-luiz-fans.blogspot.com/. Muito obrigada a todos *
Críticas
Façam comentários com críticas, sejam elas positivas ou negativas. É com os erros que se aprende ;)