25
Ago 10

Já estávamos no meio de Agosto e eu ainda não tinha recuperado da azia de termos perdido dois a zero ao porto. Com aquela equipa de zézinhos que nem fizeram um grande jogo. Pela primeira vez senti a falta do Ramires e do Di Maria. Eram eles que desequilibravam a equipa e permitiam que o Cardozo fizesse golos. Passei o resto da semana a ir para a praia com o meu cachecol do Benfica que ia enrolado na mala. Por todo o lado que passava os Portistas gozavam mas não me importava. Sabia que era do melhor clube do mundo e isso é que importava! É impressionante como o Algarve no verão fica com imensos portistas. Talvez um quinto das pessoas são portistas, outro um quinto lagartos e três quintos Benfiquistas. Ainda são muitos. Se fosse por mim eliminava-os todos mas assim a época ficava sem graça… Como já era dia 15 e já estava em casa decidi ir ver o primeiro jogo da época. Já não falava com o David à dezassete dias e até era engraçado falar com ele. Só não sentia falta da falculdade. Durante os quinze dias o meu pai recebeu uma carta sobre mim e a minha ida a Amesterdão. Tinha falhado, um rapaz tinha sido melhor e como só havia duas vagas(e uma delas já estava garantida para uma menina cujo o pai era director da faculdade) não pude ir. A minha segunda escolha era Inglaterra mas não tinha concorrido e a minha solução era ficar em casa e fazer o semestre novamente em Lisboa. 
               Já ficava tarde e ainda tinha que apanhar o autocarro e ir de metro para ver o jogo. Já sabia que ia chegar tarde mas ao menos ia ver! Não cheguei tarde, cheguei tardíssimo! Cheguei tão tarde que já estávamos a perder. Voltei a sentir falta do orelhas no lado esquerdo. O Coentrão embora muito bom, ele não podia ser lateral e extremo ao mesmo tempo. Até que nos últimos minutos do jogo o Coentrão voltou a fazer milagre, mais uma assistência e mais um golo do recém-chegado Jara. O estádio vibrou e os gritos de incentivo que já se ouviam anteriormente voltaram-se a ouvir mas com maior intensidade. Mas no último minuto todo o estádio se calou, parou, ficou congelado. Um rapaz da Académica tentou a sua sorte e fez um grande golo, quase a meio do campo. Já sabia o que vinha a seguir, o apito final e as culpas todas em cima do Roberto. O pobre coitado que não teve culpa nenhuma, desta vez. Sai do estádio em silêncio com o cachecol enrolado na cara e a camisola vestida. Voltei a casa e nem comi nada. Só tive vontade de ir para a cama e dormir quando às duas da manhã acordo com uma mensagem do Eduardo, um colega meu portista ferrenho, “Então o que se passou? Já andas a falhar”. Não tive paciência. Acabei por lhe chamar um nome e dizer que o clube dele era um ultraje e só ganhava com penalidades inexistentes. Não disse mais nada pois não me queria chatear a sério. No dia seguinte liguei a internet e abri o msn. Mais de noventa e nove mensagens era o que indicava a janela do Messenger. Mal abri para ver de quem era vi só mensagens do facebook, metade delas de amigas minhas e outra metade de desconhecidos a comentar a foto que tinha com o Ruben Amorim e a perguntarem se o conhecia. Acabei por deixar uma nota com letras grandes no facebook a dizer que não o conhecia de lado nenhum e que o melhor era não me chatear. Recebi pouco depois a notificação que o David Luiz tinha entrado no Messenger. Como ele tinha posto conversa no outro dia resolvi ser eu a iniciar a conversa.

Catarina diz: Olá
David diz: Oi
Catarina diz: Pareces um pouco esmorecido…
David diz: Perdemos não viu?
Catarina diz: Vi, estava lá no estádio. E também vi que o jogo em Aveiro. Vocês estiveram mal em ambos desculpa-me dizer-te. Falta o Ramires.
David diz: Pois, eu sei que estivemos. Tem razão. O Ramires e o Di fazem bastante falta.
Catarina diz: Vais ver que  a partir de agora vocês vão melhorar! E não se esqueças que nós estamos aqui para vos apoiar!
David diz: Nós quem?
Catarina diz: Todos os benfiquistas claro!
David diz: Ahh sim claro. Você é que desapareceu do mapa não é?
Catarina diz: Estive a passar  férias, quase duas semanas no Algarve.
David diz: É, que sorte! E eu aqui a trabalhar!
Catarina diz: O teu trabalho nem é muito complicado. Não trabalhas mais de oito horas como muitas pessoas e não recebes uns míseros mil euros.
David diz: Sim, mas é complicado na mesma. Daqui a uns anos isto acaba.
Catarina diz: Sim, mas depois podes voltar a estudar e a trabalhar…
David diz: Também é verdade mas depois da carreira de futebolista quero iniciar um projecto.
Catarina diz: Que projecto?
David diz: Eu quero fazer um género de escola de desporto para ajudar pessoas com dificuldades. E como os meus pais são professores vão me ajudar.
Catarina diz: A sério? Que querido! Nunca pensei que um jogador fosse se envolver nisso, então sozinho…
David diz: Pois, é complicado… Espero conseguir. Era bastante importante para mim…
Catarina diz: Como é que uma pessoa tão jovem pode já ser assim diz-me?
David diz: Assim como?
Catarina diz: Com cabeça, com responsabilidade. Há tantos que são muito mais velhos e nem se importam com nada disso.
David diz: É a maneira que os meus pais me educaram… Esforçaram-se sempre para me dar tudo o que podiam. Aprendi muito.
Catarina diz: pois, deve ter sido complicado. E depois também sais te de casa cedo…
David diz: Sim mas tudo já passou e com muito esforço aqui estou eu…
Catarina diz: Acho que Deus está-te a compensar por tudo…
David diz: Talvez sim, talvez não. Nunca sabemos o que nos reserva o futuro.
Catarina diz: Tudo de bom de certeza! Olha vou ter que sair, vou de férias outra vez! Mas estou cá dia 28 para ver o jogo. Até lá, queres trocar de número? Eu dou-te o meu e tu podes nem sequer mandar nada. Fica contigo. É o 91#######. Beijinhos!
               
                Desliguei imediatamente, não porque estava com pressa mas sim porque não queria saber a resposta. Se ele quisesse mandava uma mensagem ou assim. Mas agora tinha que desanuviar! Ia para os Açores e isso é que importava!

publicado por acordosteusolhos às 13:15

comentários:
É claro que ele vai mandar mensagem, vai não vai? :b
Mais :D
Filippa a 25 de Agosto de 2010 às 13:50

Hmm... Eu acho que sim *.*

''Com aquela equipa de zézinhos...'', achei engraçado, e é bem verdade.
Foi mau a Catarina não conseguir ir para Amesterdão s: A outra também -.- Filhinha do director. Mas em Lisboa nem tudo será mau. :b
Mais uma vez a parar na melhor parte. Ele tem que mandar qualquer coisaa :D
- Sara a 25 de Agosto de 2010 às 17:17

mais sobre mim
arquivos
2011

2010

arquivos
2011

2010

Música da Mena
Deixo aqui a nossa GRANDE cantora do chat, a Mé :b
Agradecimentos
Queria agradecer a todos que lêem a minha fan fic. Queria também agradecer ao blog http://23davidluiz.blogspot.com/ por publicar a minha fan fic e também ao blog http://david-luiz-fans.blogspot.com/. Muito obrigada a todos *
Críticas
Façam comentários com críticas, sejam elas positivas ou negativas. É com os erros que se aprende ;)