28
Ago 10

-Bom dia!
-Bom dia meu amor – Acariciava a cara dele, cada dia que passava era mais bonito.
-Tenho que me despachar, vou para o treino…
-Treinas às oito horas agora?
-Não…
-Então porque vais tão cedo?
-Quem te disse que era oito horas? Já são quase nove e quinze.
-Tás a gozar? Ai Santo Deus! Hoje era o trabalho prático! Tenho que me despachar!
-Catarina…
-Sim?! Que foi… Sai da frente! – Dizia ao mesmo tempo que saltava por cima dele tentando sair da cama e chegar ao armário.
-Catarina!
-Hã? Que queres!?
-Desde quando tens aulas ao Sábado?
-Desde… Hoje é Sábado?
-Sim… - David mandou um gargalhada que se deitou de barriga para cima de tanto rir.
-Opá já podias ter dito! Não mete piada! – Mandei-me para cima dele
-Au! A minha barriga!
-Mexe-te! Vai-te vestir. Eu vou me despachar, vou visitar a minha mãe.
-Está bem. Vamos comer onde?
-Em casa…
-Não, está me apetecer sair.
-Então, quando eu chegar eu ligo-te ok?
-Está bem… Vais fazer o quê agora?
-Então vamos lá ver, Sábado certo? Nove da manhã? Vou dormir!
-Está bem preguiçosa, vou me despachar. – Deu-me um beijo e foi para a casa de banho. Encostei-me para o lado e quando estava quase adormecer tocou o telemóvel do David.
-David o teu telemóvel tocou, é uma mensagem.
-Vê aí meu amor e diz-me se é algo de importante.
Abri a mensagem e era de uma rapariga chamada Luisa.
“Olá David, já não nos vemos há muito tempo. Como estou em Portugal estou a pensar seriamente em fazer-te uma visita. Espero que estejas preparado. Já agora, já sei que arranjas-te uma namorada. Eu não me importo, posso-te dividir com ela.”
Não me contive e larguei uma lágrima, não sei porquê, porque a mensagem deixava uma coisa clara, o David não se encontrava com ela. Mas mesmo assim deixei cair a lágrima.
-Catarina? – Não respondi, ainda estava a digerir aquela mensagem – Catarina??! Que se passa? – O David já estava a meu lado. Pegou no telemóvel e leu a mensagem. Quando acabou de ler a mensagem David abraçou-me. – Nunca vai acontecer nada, não precisa de estar assim. Não houve nada.
-Eu sei, eu acredito mas eu não consegui evitar. Desculpa.
-Desculpa eu. Nem sei o que esta aqui quer, também não me interessa! Olha para mim – posou a mão na minha cara e olhou nos meus olhos – Eu só amo você. Mais ninguém. Não precisa de se preocupar com isso…
Beijei-o, sem pensar em mais nada. Estar com ele era a única coisa que me podia animar.
-Tens de ir embora.
-Você fica bem?
-Sim, não te preocupes – limpava as lágrimas e logo depois abracei-o.
-Catarina, eu amo você. Não se esqueça disso.
-Nunca irei esquecer, amo-te.
Ele levantou-se, apagou a mensagem, deu-me um beijo na testa e foi para a casa de banho outra vez. Confiava no David, sabia que era verdade o que ele me disse. Ele não me ia desiludir. Encostei-me a almofada, esperava dormir desta vez, em paz.
Acordei já era onze horas, tinha que ir visitar a minha mãe. A boa noticia é que já não ia de autocarro. Nos últimos meses o David convenceu-me a tirar a carta e ofereceu-me um carro. Um Audi TT, o meu carro de sonho. Levantei-me, tomei um banho rápido e vesti-me com uma roupa simples. Agarrei numa maçã, nas chaves e abri a porta e encontro o meu pior pesadelo.

publicado por acordosteusolhos às 19:48

comentários:
mais um capitulo fantástico :D
quem estará à porta ? a rapariga da mensagem ?
quero saber :b
sofia a 28 de Agosto de 2010 às 19:56

O que eu me ri com aquele inicio. xD Foi mesmo engraçado.
O David é mesmo querido com a Catarina. *-* Ai que isto parou na melhor parte. Quero o próximo! o:
- Sara a 28 de Agosto de 2010 às 19:57

Ai o que será estou super curiosa... A história estava a ir tão bem, tinha logo que parar xD

Estou ansiosa pelo proximo :)

Beijinhos
Anónimo a 28 de Agosto de 2010 às 20:40

mais sobre mim
arquivos
2011

2010

arquivos
2011

2010

Música da Mena
Deixo aqui a nossa GRANDE cantora do chat, a Mé :b
Agradecimentos
Queria agradecer a todos que lêem a minha fan fic. Queria também agradecer ao blog http://23davidluiz.blogspot.com/ por publicar a minha fan fic e também ao blog http://david-luiz-fans.blogspot.com/. Muito obrigada a todos *
Críticas
Façam comentários com críticas, sejam elas positivas ou negativas. É com os erros que se aprende ;)